Loading...

A Chapada Diamantina

O Parque Nacional da Chapada Diamantina, localizado na Serra do Sincorá, na Bahia, é composto de uma grande diversidade biológica e conhecido pela complexidade dos ecossistemas.
Constituída de diversos biomas, como campos rupestres, cerrados, caatingas, matas ciliares, mata atlântica e pelo encontro de cada um desses ambientes, a Chapada é um verdadeiro mosaico da ecologia e uma preciosidade do nosso mundo natural. Encontramos por lá espécies da flora como a sempre-viva, orquídeas, canelas-de-ema, bromélias. É a partir desse ambiente de encantamento imenso que realizamos essa expedição.

expedição chapada diamantina


Por Onde Iremos?

por onde iremos

Nossa viagem se inicia no dia 03/05 no Vale do Capão, localizado no noroeste do Parque. Passaremos três dos nossos dias neste Vale, saindo dele e chegando dele, a partir da Pousada Villa Lagoa das Cores. Passaremos, no primeiro dia, pela Gruta da Pratinha, local que impressiona pelas suas cavernas e lagoa de coloração azul celestial. É nesse mergulho que outra vez sentimos a delicadeza e vivacidade que só a integração com a Terra nos traz. Andaremos também pelo Morro do Pai Inácio, dono do entardecer mais encantador da Chapada e pela Cachoeira da Fumaça, onde é impossível não se surpreender com a sua queda d’água que volta antes de chegar no chão.

É no Vale do Pati, no entanto, que propomos uma verdadeira travessia de descoberta e auto-descoberta. A Chapada leva esse nome por conta do garimpo que ocorreu por lá desde o século XVIII. No Pati, entretanto, não havia pedras preciosas por conta do solo profundo e fértil, e o vale foi produtor de milho, arroz e café durante um bom tempo. Hoje existem dez famílias por lá, seis das quais hospedam viajantes.

Programa

  • 03/05 | Saída de Salvador às 15h00/chegada no Vale do Capão 20h00
  • 04/05 | Passeio Gruta da Pratinha e Morro Pai inácio
  • 05/05 | Início da travessia Vale do Pati
  • 06/05 | Segundo dia - Vale do Pati
  • 07/05 | Terceiro dia - Vale do Pati
  • 08/05 | Último dia - Vale do Pati
  • 09/05 | Trilha da Cachoeira da Fumaça ou Cachoeira do Riachinho
  • 10/05 | Check out e Retorno Vale do Capão para Salvador.


Confira Fotos do Local


TURISMO COMUNITÁRIO

A travessia do Vale do Pati nos faz entrar em contato com outro modo de viver. Mais simples, mais demorado, mais atento. É nesse contato com a comunidade do Vale, onde nos hospedaremos e faremos algumas refeições, que conheceremos um pouco do que é o turismo comunitário, algo que ainda está em processo de formação na localidade. Por meio desse tipo de turismo, entendemos como nossas ações e escolhas estão diretamente conectadas ao empoderamento da comunidade local.


A PROPOSTA

Nossa proposta é de que você se lembre do seu próprio ritmo, que não é diferente dos ritmos da natureza. Por isso, preparamos tudo de uma maneira muito especial para a sua plenitude nessa experiência. Desde o nosso lugar de hospedagem (http://www.pousadalagoadascores.com.br/pt-br/), local de contemplação, cuidado e muita beleza, até aulas de yoga e meditação guiadas durante o tempo da jornada na Chapada Diamantina.


QUEM LEVA?

ÀTerra

Turismo consciente, responsável e sustentável. Nossa vontade é que, através do seu viajar, comunidades sejam empoderadas, a natureza seja conservada e o contato consigo mesmo seja ampliado.

Confira Nosso Site

Trilha Medita

O Trilha Medita é um movimento que surge com um novo conceito de trekking, onde desfrutamos a beleza do caminho a cada passo, sem pressa de querer chegar a algum lugar, integrando práticas de Yoga e Meditação na natureza.

Confira Nosso Site

INSCRIÇÕES
(Somente 12 vagas)
  • À VISTA R$ 3114,00.

  • A PRAZO R$ 3226,00 (+ R$ 322,60 taxa)

FORMAS DE PAGAMENTO
  • À vista - via depósito bancário
  • A prazo, no cartão de crédito em até 10x pelo Sistema Abaixo
    1. 1 - Transporte terreste: Salvador -> Vale do Capão -> Salvador.
    2. 2 - Hospedagem de quatro noites na pousada Villa Lagoa das Cores (quartos duplo e triplo) com café-da-manhã;
    3. 3 - Travessia do Vale do Pati com guia local, alojamento em casa de morador nativo, alimentação completa nos dias de travessia, transporte de ida e volta ao local de saída da trilha.
    4. 4 - Transporte e passeios guiados à Gruta da Pratinha, Morro do Pai Inácio e Cachoeira da Fumaça.
    5. 5 - Práticas de yoga, meditação e contemplação.
    1. 1. Trechos aéreos até Salvador.
    2. 2. Refeições fora da travessia do Vale do Pati.


    CONTATO

    contato@aterrasustentavel.com

    +55 (48) 99945-9000 (whatsApp) com Fernando.

    RECOMENDAÇÕES

    Se possível, chegar um dia antes em Salvador.

    Caso chegue no dia 03 de maio, recomendável escolher voos com chegada até 13h00 em Salvador.